Acessibilidade e conteúdo: 4 passos para o uso nas redes sociais

porDesenvolver

Acessibilidade e conteúdo: 4 passos para o uso nas redes sociais

Acessibilidade e conteúdo digital: por onde começar?

O uso das redes sociais vem crescendo a cada ano, ampliando o espaço para marcas e negócios locais divulgarem seus produtos e serviços e iniciarem um relacionamento com o público.
Com todo esse processo de ampliação, as pessoas com deficiência permanecem sendo excluídas pela falta de acessibilidade nas plataformas.
Segundo os últimos dados fornecidos pelo IBGE, 25% da população brasileira possui algum tipo de deficiência.
Pessoas com deficiência também consomem e desejam ter acesso às informações publicadas nas redes sociais. Você já parou para pensar sobre isso? Os conteúdos publicados nos perfis comerciais do seu negócio estão acessíveis a todos?

 

Mas afinal, O que é acessibilidade digital?

 Acessibilidade digital é o processo de tornar produtos digitais, como sites, textos e aplicativos, acessíveis para todos, independentemente das deficiências ou limitações que possuem.

 

Embora muita gente saiba da importância, a dúvida de por onde começar acaba, muitas vezes, impedindo que a acessibilidade ocorra. Se o seu negócio tem uma presença na internet, mas você nunca refletiu sobre isso, talvez esteja na hora de pensar sobre acessibilidade e conteúdo digital.

 Separamos 4 passos básicos (MESMO) para você tornar o conteúdo das suas redes sociais mais acessível:

1 – Uso de texto alternativo para descrever as imagens;

Card com título "utilize texto alternativo para descrever imagens"; texto "tanto o aplicativo nativo do instagram, como o estúdio de criação e aplicativos de terceiros para agendamento de publicações possuem este espaço para a descrição da imagem." ao lado, na direita, imagem da tela do instagram no local onde incluir texto alternativo. Fim da descrição.

2 – Em vídeos, utilize a legenda – válido também para stories; e, quando possível, inclua LIBRAS;

Imagem em fundo cinza, título "em vídeos, utilize a legenda"; abaixo, tela de um vídeo no youtube com uso de legenda e intérprete de LIBRAS; do lado direito, tela do instagram com o mesmo vídeo anterior.

3 – Em textos, utilize uma linguagem direta: sujeito + verbo + complemento;

Card com textos "Em textos, utilize uma linguagem direta; Sujeito + verbo + complemento; Quando possível, quebre em parágrafos para facilitar a leitura por pessoas com deficiência intelectual e cognitiva; e evite metáforas

4 – Cuidado com o uso de cores – lembre-se de criar contraste possibilitando a leitura de textos;

título "Cuidado com o uso de cores"; imagem de 2 pessoas olhando para uma parede branca com vários post-is coloridos colados. em primeiro plano, texto também em branco. Mais abaixo, imagem de uma bicicleta preta, no fundo parede cinza e em primeiro plano, temos texto em branco com fundo azul, indicando contraste. Fim da descrição.

Conheça o curso de Introdução à Audiodescrição nas Mídias Sociais

Aprenda como descrever imagens, incluindo a sua própria, em diferentes situações – cards, reuniões online, palestras, cursos, etc.

Sobre o Autor

Desenvolver administrator

Deixe uma resposta

Skip to content