RITA D’LIBRA! A PRIMEIRA DRAG QUEEN BRASILEIRA A LEVAR INCLUSÃO AO PÚBLICO SURDO

porDesenvolver

RITA D’LIBRA! A PRIMEIRA DRAG QUEEN BRASILEIRA A LEVAR INCLUSÃO AO PÚBLICO SURDO

Além de ser conhecido como Setembro Amarelo (em prevenção ao suicídio), este mês também é considerado o período da visibilidade surda brasileira. O mês de celebração das pessoas com deficiência auditiva é conhecido como Setembro Azul porque nele se comemora o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência (21/9) e o Dia Nacional do Surdo (26/9). A cor remonta à Segunda Guerra Mundial, quando os nazistas identificavam todos as pessoas com deficiência com uma faixa azul no braço. Rita D’Libra é a primeira Drag Queen a levar inclusão ao público surdo. 

Rita DLibra vestindo coturno preto, maiô branco com estampa, cardigan longo branco, maquiagem bem marcada no rosto. Sentada em uma mesa de madeira, fazendo pose para a câmera.

Com formação em Pedagogia e tradução de Língua Brasileira de Sinais (Libras), a artista gaúcha na verdade se chama Lenon Tarragô, mas hoje em dia o nome masculino fica apenas na certidão, e assim ela prefere. Rita trabalha fortemente com inclusão, apresentando ao seu público a arte da cultura LGBTQI+

Acompanhe Rita D’Libra no Instagram: @ritadlibra

 

Fonte: Portal Super Transado.

Vamos conversar?

SOLICITE UM DE NOSSOS CONSULTORES!

Sobre o Autor

Desenvolver administrator

Deixe uma resposta

Skip to content