A diversidade retratada por 5 filmes

porDesenvolver

A diversidade retratada por 5 filmes

A diversidade retratada na telinha.

Igualdade racial, diversidade, inclusão, pluralidade cultural. Todas essas questões fazem parte das dimensões humanas mais urgentes e, portanto, não podem ficar de fora das conversas do dia a dia.

Colocar a criança em contato com referências e informações que ensinam sobre diversidade, fará com que ela cresça mais empática, além de exercer um olhar mais crítico sobre o mundo.

Por isso, separamos 5 dicas, sendo 1 de filme infantil onde encontramos a diversidade retratada. Confira:

1 – MILK – A VOZ DA IGUALDADE

Início dos anos 70. Harvey Milk (Sean Penn) é um nova-iorquino que, para mudar de vida, decidiu morar com seu namorado Scott (James Franco) em San Francisco, onde abriram uma pequena loja de revelação fotográfica. Disposto a enfrentar a violência e o preconceito da época, Milk busca direitos iguais e oportunidades para todos, sem discriminação sexual. Com a colaboração de amigos e voluntários (não necessariamente homossexuais), Milk entra numa intensa batalha política e consegue ser eleito para o Quadro de Supervisor da cidade de San Francisco em 1977, tornando-se o primeiro gay assumido a alcançar um cargo público de importância nos Estados Unidos.

Trailer disponível:  

2 – LONGE DA ÁRVORE (2019)

Baseado no premiado e aclamado livro “Longe da Árvore: pais, filhos e a busca da identidade”, de Andrew Solomon, o mais vendido na lista de não-ficção do New York Times. O documentário “Longe da Árvore” fala sobre família. A família que nascemos e a família que construímos. Um olhar corajoso na jornada de acolhimento e afeto das relações humanas.

Ótimo para refletirmos sobre família, aceitação e acolhimento afetivo.

Trailer disponível:

 

3 – A 13ª EMENDA

Estudiosos, ativistas e políticos analisam a correlação entre a criminalização da população negra dos EUA e o boom do sistema carcerário do país. Dirigido por Ava DuVernay (Selma), esse é mais um documentário original Netflix.
O documentário produzido por Ava DuVernay trata de um assunto muito interessante e importante, que é a situação do encarceramento em massa dos Estados Unidos, desde o período da escravidão até os dias atuais. E nós não poderíamos deixar de recomendar a vocês um debate tão importante para os dias atuais.
Trailer disponível:

4 – TAINÁ – UMA AVENTURA NA AMAZÔNIA

Tainá vive na Amazônia com o avô, um sábio índio. Por defender a floresta dos caçadores, é perseguida e tem de se mudar para uma vila, onde conhece Joninho, um menino da cidade grande. Juntos, aprendem a lidar com os valores da cidade e da floresta.

O filme fala de questões como a cultura indígena e os problemas como: o contrabando de espécies e o desmatamento.

As expressões culturais e a mitologia dos povos indígenas não ocupou, ao longo da história, espaços de protagonismo. Pode ser muito rico descortinar esse universo para as crianças – o que ajuda a estimular a reflexão sobre construção da identidade e autoestima de um povo. Os filmes da série brasileira Tainá – Uma aventura na Amazônia, que começou em 2000, mostra os desafios de uma menina indígena órfã que aprende as lendas do seu povo e se torna guardiã da floresta.

5 – EXTRAORDINÁRIO (2017)

O longa-metragem norte-americano de 2017, dirigido por Stephen Chbosky, é uma lição de vida do começo ao fim.

O filme é baseado no romance homônimo de R.J. Palacio, autor de obras para jovens adultos, e conta a história de um garotinho muito especial: Auggie Pullman.

August Pullman é um garoto de 10 anos que nasceu com uma deformidade no rosto. Após passar por muitas cirurgias plásticas e ser educado em casa, pela mãe, Auggie começa a frequentar uma escola.

A fase de adaptação, difícil para qualquer criança, é mais desafiadora para alguém que é discriminado pela aparência, como o caso do menino. Porém, Auggie nos deixa muitas lições de como lidar com esse tipo de situação.

 O filme mostra o olhar de uma criança sobre essas dificuldades, e a visão de pais, irmã e até amigos. 

Sendo uma ótima opção para introduzir o assunto e conversar com as crianças sobre preconceito e bullying, além de ensinar sobre diversidade e a respeitar as diferenças.

Trailer disponível:

SOLICITE UM CONSULTOR DE DIVERSIDADE

Sobre o Autor

Desenvolver administrator

Deixe uma resposta

Skip to content